TCE-MS inicia o uso das informações oriundas das notas fiscais eletrônicas

Em continuidade ao Termo de Cooperação firmado no dia 07 de dezembro entre o TCE-MS e a SEFAZ-Secretaria de Fazenda do Governo de Mato Grosso do Sul, houve nesta última sexta-feira, 13 de janeiro, a reunião para apresentação dos dados obtidos das Notas Fiscais eletrônicas emitidas a favor dos órgãos públicos do Estado de MS.

Os auditores estaduais de controle externo passarão a ter acesso às informações relativas ao Sistema de Notas Fiscais Eletrônicas emitidas tendo como destinatários os órgãos auditados pelo TCE-MS. Na prática será possível fazer um cruzamento de informações a fim de se validar as informações prestadas pelos jurisdicionados.
 
Participaram desta reunião o Diretor de Gestão e Modernização do TCE-MS, Douglas Avedikian, os especialistas em TI do TCE-MS lotados na Diretoria de Gestão e Modernização  – DGM, Marcos Glienke, Gestor da Unidade de Dados, Informações e Conteúdo, Fábio Luiz Almeida, Assessor Técnico e os especialistas em TI, todos pertencentes à Superintendência de Gerenciamento da Informação – SGI do Governo de MS.
 
Na ocasião foram apresentados os dados em micro detalhes de todas as Notas Fiscais emitidas para todos os órgãos públicos auditados pelo TCE-MS. Estes dados servirão de base para o cruzamento e integração com os demais sistemas do TCE-MS para que sejam validadas as informações oriundas das prestações de contas dos gestores públicos. A integração possibilitará auditar áreas específicas da saúde e educação, como, por exemplo, gastos com a merenda escolar e transporte escolar.
 
A integração com os sistemas de Inteligência de Negócio (BI) do TCE-MS possibilitará logo no início de 2017 a análise a auditoria nos micro dados e em micro detalhes de diferentes áreas com um volume de mais de 19 milhões de informações.
 
A gestão compartilhada adotada pelo Presidente da Corte de Contas, Conselheiro Waldir Neves, tem como alicerce para 2017 a atuação efetiva do TCE-MS visando a melhor utilização dos recursos públicos por parte dos gestores públicos dos 79 municípios do Estado de MS.